Sorocaba, | Quinta-Feira  18 de Setembro de 2014
  
Menu
   Agenda
   Apostilas
   Palavra da Semana
   Vídeos
   Vídeos-Clipes
   Dica de Leitura
   Eventos
   Mural de recados
   Fotos
   Cifras
   Plano de Leitura Diária da Bíblia
   CDs
   Créditos

  
Propósito de Deus
   O Propósito Eterno
   Por que você existe?
   Sobre o PED

  
Artigos e Estudos
   Artigos e Estudos
   Meditação
   Finanças
   Louvor e Adoração
   Missões
   Nova Vida
   O Ministério
   P/ Toda a Família
   P/ os Jovens
   Testemunhos

  
   Site São Vicente
   Igreja em Jaboatão
   Igreja em Sobradinho-DF
   Igreja em Campo Grande
   Igreja em PoA
   Igreja em São Luis do Maranhão
   JLMstudio
   Daniel Souza
   Fazendo discípulos
   Jovens com Cristo
   Asaph Borba
   Sou Discípulo

Artigos e Estudos

REVERÊNCIA A DEUS
REVERENCIA A DEUS - Daniel Beda Sabemos que a casa de Deus somos nós, (I CO 6.19) diz que o nosso corpo é santuário do Espírito Santo. Precisamos nos guardar em santidade e temor diante de Deus

* Seja Edificado

REVERENCIA A DEUS - Daniel Beda
Sabemos que a casa de Deus somos nós, (I CO 6.19) diz que o nosso corpo é santuário do Espírito Santo. Precisamos nos guardar em santidade e temor diante de Deus

Reverência a Deus:

(SL 69.7-12) Pois tenho suportado afrontas por amor de ti, e o rosto se me encobre de vexame. 8 Tornei-me estranho a meus irmãos e desconhecido aos filhos de minha mãe. 9 Pois o zelo da tua casa me consumiu, e as injúrias dos que te ultrajam caem sobre mim. 10 Chorei, em jejum está a minha alma, e isso mesmo se me tornou em afrontas. 11 Pus um pano de saco por veste e me tornei objeto de escárnio para eles. 12 Tagarelam sobre mim os que à porta se assentam, e sou motivo para cantigas de beberrões.

Esta profecia foi escrita cerca de 500 anos antes de Cristo e ela nos mostra claramente que o salmista estava falando de Jesus, e da sua atitude para com as coisas santas, consagradas a Deus Pai. O salmo fala que Jesus seria ofendido pelo seu próprio povo recebendo afrontas, injúrias e escárnio. Quando ele diz: Tornei-me estranho a meus irmãos e desconhecido aos filhos de minha mãe, estava falando da atitude da própria igreja.

Geralmente quando estamos juntos com os nossos irmãos mais chegados, em momentos de descontração, é normal estarmos alegres, falarmos de muitos assuntos e darmos muitas risadas. Porém, corremos o risco de darmos lugar a carne e pecarmos contra Deus.

Eu mesmo confesso que já cometi este erro, pois através da liberdade que temos nos momentos de alegria, não tive discernimento e acabei falando coisas que não nos convêm falar.

O Salmista fala pelo Senhor, dizendo:

(V-7) Tenho suportado afrontas por amor de Ti.

(V-9) As injúrias dos que te ultrajam caem sobre mim.

(V-11) Tornei objeto de escárnio para eles.

(V-12) Sou motivo para cantigas de beberrões.

Estas palavras revelam o coração de Jesus quando contempla seu povo, reunido para contar piadas cristãs ou participar desses ajuntamentos com muitos risos, comentários e brincadeiras que não promovem nenhuma edificação.

Piadas que afrontam a santidade do Senhor, que trazem injúrias e ultrajam o Nome do nosso Deus, Nome que está acima de todo nome. Piadas que imitam as línguas espirituais que é a manifestação da presença de Deus em nós, e que temos recebido como presente de nosso Senhor.

Jesus, por causa das ofensas do povo, entrou no templo e expulsou aqueles que faziam da casa Deus casa de comércio. Depois disse: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a transformais em covil de salteadores. (MT 21.13). Seus discípulos se lembraram desta profecia que diz: O zêlo da Tua casa me consumiu.

Sabemos que a casa de Deus somos nós, (I CO 6.19) diz que o nosso corpo é santuário do Espírito Santo. Precisamos nos guardar em santidade e temor diante de Deus como aqueles que foram escolhidos para ser a morada do Espírito Santo, pois Jesus disse que todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada. (MT 12.31).

Se você também já cometeu este erro, Deus te chama para limpar o seu coração e a partir de hoje, ser um daqueles que irá trazer luz aos nossos queridos irmãos, impedindo que essas piadas se propaguem no meio da igreja.

No amor de Jesus

Daniel Beda


 

* Seja Edificado

 

REVERENCIA A DEUS - Daniel Beda

Sabemos que a casa de Deus somos nós, (I CO 6.19) diz que o nosso corpo é santuário do Espírito Santo. Precisamos nos guardar em santidade e temor diante de Deus

 

Reverência a Deus:

 

(SL 69.7-12) Pois tenho suportado afrontas por amor de ti, e o rosto se me encobre de vexame. 8 Tornei-me estranho a meus irmãos e desconhecido aos filhos de minha mãe. 9 Pois o zelo da tua casa me consumiu, e as injúrias dos que te ultrajam caem sobre mim. 10 Chorei, em jejum está a minha alma, e isso mesmo se me tornou em afrontas. 11 Pus um pano de saco por veste e me tornei objeto de escárnio para eles. 12 Tagarelam sobre mim os que à porta se assentam, e sou motivo para cantigas de beberrões.

 

Esta profecia foi escrita cerca de 500 anos antes de Cristo e ela nos mostra claramente que o salmista estava falando de Jesus, e da sua atitude para com as coisas santas, consagradas a Deus Pai. O salmo fala que Jesus seria ofendido pelo seu próprio povo recebendo afrontas, injúrias e escárnio. Quando ele diz: Tornei-me estranho a meus irmãos e desconhecido aos filhos de minha mãe, estava falando da atitude da própria igreja.

 

Geralmente quando estamos juntos com os nossos irmãos mais chegados, em momentos de descontração, é normal estarmos alegres, falarmos de muitos assuntos e darmos muitas risadas. Porém, corremos o risco de darmos lugar a carne e pecarmos contra Deus.

 

Eu mesmo confesso que já cometi este erro, pois através da liberdade que temos nos momentos de alegria, não tive discernimento e acabei falando coisas que não nos convêm falar.

 

O Salmista fala pelo Senhor, dizendo:

(V-7) Tenho suportado afrontas por amor de Ti.

(V-9) As injúrias dos que te ultrajam caem sobre mim.

(V-11) Tornei objeto de escárnio para eles.

(V-12) Sou motivo para cantigas de beberrões.

 

Estas palavras revelam o coração de Jesus quando contempla seu povo, reunido para contar piadas cristãs ou participar desses ajuntamentos com muitos risos, comentários e brincadeiras que não promovem nenhuma edificação.

 

Piadas que afrontam a santidade do Senhor, que trazem injúrias e ultrajam o Nome do nosso Deus, Nome que está acima de todo nome. Piadas que imitam as línguas espirituais que é a manifestação da presença de Deus em nós, e que temos recebido como presente de nosso Senhor.

 

Jesus, por causa das ofensas do povo, entrou no templo e expulsou aqueles que faziam da casa Deus casa de comércio. Depois disse: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a transformais em covil de salteadores. (MT 21.13). Seus discípulos se lembraram desta profecia que diz: O zêlo da Tua casa me consumiu.

 

Sabemos que a casa de Deus somos nós, (I CO 6.19) diz que o nosso corpo é santuário do Espírito Santo. Precisamos nos guardar em santidade e temor diante de Deus como aqueles que foram escolhidos para ser a morada do Espírito Santo, pois Jesus disse que todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada. (MT 12.31).

 

Se você também já cometeu este erro, Deus te chama para limpar o seu coração e a partir de hoje, ser um daqueles que irá trazer luz aos nossos queridos irmãos, impedindo que essas piadas se propaguem no meio da igreja.

 

No amor de Jesus

Daniel Beda

 



Atalhos da página
Editar Imprimir esta página.
Editar Mandar link para um amigo.

| Principal | Ministério | Agenda | Mural | Fotos | Fale Conosco |

Sorocaba - SP / Fone (15) 3012.0148 / igrejaemsorocaba@yahoo.com.br


Rede Social Corporativa e-Solution Backsite